Você deve estar se perguntando: mas afinal… o que uma planta baixa ou um desenho em escala da minha casa tem a ver com o Feng Shui? Isso não está relacionado com projetos de arquitetura e engenharia? O que o Feng Shui tem a ver com tudo isso?

Quem tem a intenção de aplicar o Feng Shui de uma forma completa e efetiva em sua casa, se depara frequentemente com esse tema. Mesmo se você contratar um consultor de Feng Shui para sua casa, uma das primeiras perguntas que esse consultor fará será: “Você possui a Planta Baixa, Projeto, Desenho em Escala da sua casa?”.

Para aplicar o Feng Shui em sua casa, apartamento, escritório ou ambiente comercial você necessariamente precisará da planta baixa de seu imóvel. Vou explicar com detalhes o que é uma planta baixa ou desenho em escala assim como as suas relações e importância para o Feng Shui!

O que é Planta Baixa e Desenho em Escala?

Planta Baixa é o desenho de uma construção, feito a partir de um corte horizontal da base do terreno. É como se olhássemos de cima para toda a extensão do terreno e identificando o posicionamento e distribuição da construção nesse local delimitado. Na planta são mostradas todas as paredes do local, delimitando o espaço da construção e explicando a distribuição de todos os cômodos. Parece difícil entender? Não se preocupe… vou tentar explicar de uma forma mais simples: Planta Baixa é como se fosse o “projeto” em apenas uma dimensão da sua casa!

Nessa planta baixa estão detalhadas em escala as medidas das paredes (tanto comprimento como espessura), portas, janelas, a identificação de cada ambiente e seu respectivo nível. É possível representar os futuros móveis, acessórios, componentes, acabamentos, etc…nos espaços.

Uma escala é a razão constante entre qualquer grandeza, de forma qualitativa ou quantitativa, permitindo uma comparação. No caso de um desenho ou planta, a escala é a razão constante entre medidas de comprimento do que foi desenhado e o objeto real que está sendo representado, sempre considerando a mesma unidade de medida. Por exemplo: 1 centímetro do seu desenho em escala por ser equivalente à 1 metro da situação real. É como se fosse um desenho em miniatura do seu imóvel!

Relação entre Feng Shui, Baguá e a Planta Baixa

Tudo bem! Acho que entendi o que é Planta Baixa e Desenho em Escala da minha casa… mas qual a relação disso com o Feng Shui? Para responder esta pergunta tenho que explicar o que é Baguá!

Baguá é um octógono constituído por oito lados e que no Feng Shui é aplicado sobre a planta baixa de terrenos ou construções, identifica e relaciona cada área com todas as áreas da nossa vida. Ele é uma espécie de mapa que irá revelar a você quais áreas em sua casa devem ser harmonizadas para melhorar determinada área de sua vida.

O Baguá irá mapear e identificar na sua casa as áreas que são relacionadas com sua vida. Essas áreas são: Trabalho ou Carreira; Conhecimento e Espiritualidade; Família; Prosperidade e Riqueza; Sucesso; Relacionamentos e Casamento; Criatividade e Filhos; Amigos e Viagens; e Saúde.

Portanto, aplicando o baguá em sua casa é possível identificar qual área, você deve potencializar para melhorar o setor financeiro de sua vida, ou até mesmo, qual área que você deve potencializar em sua casa para melhorar a sua saúde e a saúde de sua família!

Leia mais: Mas afinal…O que é Baguá e para que ele serve?

Aplicar o baguá, investigar e decifrar o seu espaço utilizando o Feng Shui pode ser um processo muito revelador e muito interessante para você compreender e melhorar sua vida! Muito legal isso, não é?

De posse da planta baixa de um espaço é possível mapear os cômodos de forma a identificar onde ficam fisicamente as 9 áreas estudadas pelo Feng Shui (trabalho, família, riqueza, saúde, …). Com a aplicação do baguá em sua planta baixa é possível avaliar áreas faltantes, excedentes e verificar o que pode ser melhorado e potencializado em cada área.

Depois de aplicar o baguá na planta baixa é possível realizar a análise energética do local, checar a disposição dos móveis e fluxos de energia, e assim potencializar e equilibrar cada área, com os melhores objetos, formatos, plantas, cristais e cores dependendo da localização de cada área. O Feng Shui vai explorar tudo isso dentro de seus espaços.

A importância de ter a Planta Baixa ou Desenho em Escala

Agora você já sabe sobre planta baixa/desenho em escala e baguá… Você já deve estar desconfiada(o) da importância de se ter uma planta baixa ou desenho em escala da sua casa.

Um desenho em escala (desenho em miniatura da sua casa) representa seu lar no papel nas mesmas proporções da sua casa em tamanho real (só que menor) e com base nisso que você “aplica” o baguá para determinar as nove áreas correspondentes da sua vida. Não se preocupe neste momento se você ainda não sabe aplicar o baguá. Em breve, em outro artigo, ensinarei como fazer isso.

Mas, imagine a seguinte situação: você faz um desenho sem se preocupar com as medidas da sua casa e sem se preocupar com a escala (representação em proporções da sua casa no papel). Aí você decide aplicar o baguá para localizar as áreas da sua casa. Logicamente, se seu desenho estiver “distorcido”, as localizações das 9 áreas também ficarão prejudicadas.

Para exemplificar essa problemática, poderia ocorrer uma situação na qual ao se aplicar o baguá no desenho fora de escala, o banheiro poderia cair na área da família (que não é tão preocupante, segundo o Feng Shui). No entanto, se fosse fazer a mesma aplicação do baguá no desenho em escala da mesma casa, poderia ocorrer a situação no qual este mesmo banheiro caísse na área da Prosperidade (que é uma localização bem grave, segundo o Feng Shui). Ou seja, se você não possuir um desenho em escala da sua casa, certamente seu “diagnóstico” de acordo com o Feng Shui poderá ser completamente equivocado.

É como você fosse diagnosticado com um “problema X”, quando na verdade você estaria sofrendo de outra coisa Y… Você já pode imaginar que se o diagnóstico estiver incorreto, o remédio para o problema pode não ser tão efetivo assim!

Você não precisa ter um desenho perfeito, pode até ser feito a mão, desde que se baseie nas medidas reais. É importante que seja um desenho proporcional e fiel à realidade, para avaliação correta do espaço. Desenhos incorretos ou distorcidos podem comprometer todo o estudo e levar a conclusões erradas.

Como vemos, as medidas da planta e suas proporções são fundamentais para um correto mapeamento. Um cômodo maior ou menor que a realidade fará com que isso prejudique a localização exata das 9 áreas do baguá e isso comprometerá todas as ativações, correções e potencializações de seu espaço. Entendeu a importância de ter um desenho em escala?

Como fazer um desenho em escala da minha casa?

Caso você não tenha a planta oficial, não desanime. Você ainda pode desenhar você mesmo seu espaço. Basta se dedicar um pouquinho e tirar todas as medidas reais para colocá-las no papel direitinho e de maneira proporcional. Usar um papel milimetrado para traçar as medidas ajuda bastante a manter a escala do desenho.

Ahh… e no caso de apartamentos procure sua planta na internet (geralmente ela está disponível na rede) ou peça para a construtora do prédio. Elas costumam disponibilizar as plantas de seus empreendimentos!

Mas, se esse não é o seu caso e, se você não tem a planta, providencie um desenho a mão mesmo! E se já a tem, está esperando o que para aplicar a técnica? Vale muito a pena conhecer melhor seu espaço e transformar sua vida com Feng Shui.

Para fazer a Planta Baixa da sua casa ou desenho em escala você irá precisar:

  • Fita métrica ou trena
  • Papel milimetrado
  • Lápis e borracha
  • Régua
  • Calculadora

O papel milimetrado pode ser comprado em qualquer papelaria… compre mais de uma folha, pois errar no começo é natural. Se sua casa tiver mais de um pavimento, é necessário fazer a “planta baixa” para cada andar.

Para ficar mais fácil o trabalho, você pode pegar um papel em branco mesmo e ir fazendo um “rascunho” da planta da sua casa. Primeiro desenhe as paredes e cômodos (sem se preocupar com a escala, neste momento). Depois que o rascunho da sua casa estiver pronto, comece a esticar a fita métrica e anotar as medidas de cada parede neste rascunho.

Escolha um cômodo para começar. Meça a largura e o comprimento deste cômodo, e vá desenhando o formato dele de forma proporcional aplicando a escala escolhida. Observe quaisquer ângulos ou irregularidades no formato do cômodo, caso ele não seja um quadrado ou retângulo. Depois de concluir o primeiro cômodo, parta para o próximo adjacente repetindo o mesmo procedimento, de medir e ir reproduzindo as medidas em escala. Vá fazendo isso até passar por todos os cômodos da casa e ter a estrutura de todo o espaço reproduzida ali. Certifique-se de que todas as paredes internas estejam ali indicadas, incluindo corredores, e todas as portas internas e janelas. Você pode adicionar também os principais componentes de encanamento e eletrodomésticos, incluindo pias, banheiras, chuveiros, fogão, geladeira, tanque, bancadas, etc.

Depois que você tiver seu rascunho com todas suas medidas, é hora de passar a limpo seu desenho e colocá-lo em escala. Nesta hora que você precisará do papel milimetrado.

Você primeiro deve definir uma escala. Por exemplo: você pode definir que cada lado do quadradinho do seu papel milimetrado equivale a 50 centímetros (ou 0,5m) das medidas reais. Exemplificando, se você tiver uma parede de 5,50m no desenho isso será equivalente a 11 quadradinhos (11 quadradinhos multiplicados por 0,5m = 5,5m).

Outro exemplo: se você definiu que cada lado do quadradinho irá equivaler a 0,3 metros e sua parede tiver 3,9 metros, basta você dividir 3,9 por 0,3 para saber quantos quadradinhos essa sua parece irá medir. Neste exemplo, essa parede de 3,9 metros será equivalente a 13 quadradinhos (3,9/0,3 = 13). Deste modo, você conseguirá a fazer o desenho em escala da sua casa!

Repita todo esse processo acima caso sua casa tenha outros andares, sótão ou porão. Eles devem ser feitos nas mesmas proporções, respeitando a realidade e de acordo com a escala definida. Assim, todas as dimensões da casa serão proporcionais à estrutura original.

Mas só com o desenho em escala eu consigo aplicar o Feng Shui?

Alguns conceitos e princípios de Feng Shui podem ser aplicados sim independe da planta. Mas, somente com o desenho ou planta baixa é possível aplicar o baguá e assim, aplicar a técnica efetivamente em sua totalidade.

É possível aplicar o Feng Shui  organizando a casa, usando o poder das plantas, cristais, mudando a posição do sofá, garantindo a posição de controle das camas, posicionando os móveis adequadamente, deixando um fluxo correto de energia, equilibrando os 5 elementos… etc.. Mas, tudo isso é muito pouco perto das análises e potencializações que somente a aplicação do baguá na planta ou desenho pode proporcionar.

Considerações Finais

Já tem a planta baixa do seu imóvel? Se ainda não tem…corra providenciar!

Leia mais: 7 passos para uma casa harmônica e saudável

Não deixe de aplicar o Feng Shui em seus espaços só porque não possui a planta. Faça-a você mesmo. Se presenteie!  Quer presente melhor para você e para as pessoas que você ama que uma casa e uma vida repleta de boas energias, harmonia e equilíbrio. 

O Feng Shui pode te ajudar a atrair oportunidades e abrir seus caminhos. Muitas pessoas nem imaginam o real poder dessa técnica! Vale a pena conhecê-la e principalmente aplicá-la! 

Ficou ainda com alguma dúvida? Comente aqui… e vamos aplicar essa técnica sem mais tempo a perder…

7 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui